história

O OSSO DE LEBOMBO – MULHERES AFRICANAS AS PRIMEIRAS MATEMATICAS DO MUNDO

reconhecer-620x337Infelizmente, quando estudamos os nossos professores não citaram a África como o berço do conhecimento matemático. Apesar de a maioria reconhecer que a humanidade surgiu na África eles ficam embaraçados por causa de questões raciais e discriminatórias de ensinarem que toda gênese do conhecimento humano é africano.

 

 

O conhecimento é poder.

É necessário que os educadores entreguem os instrumentos de utilização desse “poder” para as nossas crianças e adolescentes, especialmente aquelas que têm dificuldades no aprendizado da matemática, ensinando-os que os nossos ancestrais dominaram essa ciência que, para nós, não é um conhecimento europeu.

Em 1970, Caverna Border, nas montanhas Libombos entre África do Sul e Suazilândia, foi encontrado um pedaço da fíbula de um babuíno após escavações realizadas.

Este artefato ficou conhecido como o osso lebombo, artefato de 7.7 cm e possui 29 entalhes bem definidos datado de 37 mil anos ou 35 mil anos A.C.

Peter Beaumont, um arqueólogo que fez um extenso trabalho na área, observou que os 7,7 centímetros de osso longo assemelham-se a varas do calendário ainda em uso hoje por clãs bosquímanos na Namíbia. Os antigos Bosquímanos usavam para calcular números e medir a passagem do tempo.

O osso Libombos é uma ferramenta de medição de período de seis sugerindo uma visão de mundo binário. É um contador de fase lunar, possivelmente para ajudar as mulheres a manter o controle dos ciclos menstruais, mas é mais provável que ele representa um calendário de binário.

Calendários binários correlacionar às realidades antitéticas como masculino-feminino, a vida-vida após a morte e no verão-inverno. Como tal, os calendários binários são metafísicos na natureza e refletem a mitologia da sociedade.

O osso de Lebombo sugere que a divisão binária do calendário para o verão e inverno, com a primavera e o outono, como fases de transição, é muito mais antiga do que se supunha anteriormente.

Calendários binários refletir uma visão do mundo em que existem vetores correspondentes às oposições. Um vetor é o princípio feminino (nascimento, uma nova vida), que domina a metade das estações / períodos. O vector oposto é o princípio macho (caça, a execução do julgamento) que domina a outra metade das estações / períodos.

fonte: http://cnncba.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s