ações afirmativas/Pastoral Afro

2 anos do Sarua da Onça, o diferencial da FAVELA!

sarau da OnçaNascido da necessidade de denunciar através da arte os inúmeros casos de violência e extermínio da juventude negra no bairro, o projeto é motivo de orgulho para a comunidade.

Diferente do imaginário criado por alguns veículos de comunicação onde afirmam que em bairros periféricos da cidade só existe violência, algumas manifestações sociais criadas dentro dos bairros tornam esse argumento contraditório. O que é o caso do Sarau da Onça, recital de poesia acompanhado de apresentações de música, dança e teatro, que acontece na região da Grande Sussuarana em Salvador.O movimento que completa neste mês de maio 2 anos de existência, leva o nome em homenagem ao bairro de origem, nasce da necessidade de mostrar o outro lado da periferia, e denunciar os inúmeros casos de violência e extermínio da juventude negra no bairro, o projeto é motivo de orgulho para a comunidade local e seus idealizadores. “Muitas vezes dar-se a impressão de que parte da sociedade não está consciente desta realidade ou pela indiferença preferem guardar o silêncio. Sabendo que o jovem é o futuro de nossa sociedade, nós não podemos calar ante os atos bárbaros de assassinatos”, declara Sandro Sussuarana, um dos jovens idealizador do evento.

sarau Sussuarana

Abrindo espaço não só para os artistas locais mas agregando apresentações de grupos, artistas e poetas de outros bairros de Salvador e de outros estados, o projeto abraça todos que de alguma forma se identificam, e que surgem durante o processo de construção.

O evento que acontece em sábados alternados, em caráter comemorativo no mês  de maio foi realizado todos os sábados a partir das 18H, no Centro de Pastoral Afro (Cenpah), espaço cedido pelos padres comboniano da região, já que no bairro de aproximadamente 100 mil habitantes não existe um centro cultural, ou lugar dedicado ao lazer dos moradores. O cenpah, parceiro do sarau, é um centro de promocão da cultura negra que em parceria com varias istituições do bairro e da cidade, apoia e promove iniciativa ligada à discussão da realidade do povo afro-brasileiro.

Dedicado ao público de todas as idades, cores e credos, o evento não possui nenhuma forma de apoio financeiro e talvez esse seja um dos maiores motivos para a comemoração desses dois anos de resistência.

sigua o sarua no: http://saraudaonca.wordpress.com/

Assesoria do Sarau.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s