Uncategorized

Atividades no mês de NOVEMBRO

ÍNDICE:
– Projeto Domingos Culturais
– Conferência Setorial de Cultura Afro-brasileira
– HipHop em Ação – Homenagem aos 55 anos de Nelson Triunfo
– Projeto promove direitos de jovens em Salvador
– Rap e Atitude – Contra Fome
– Do samba para o Hip Hop: O rapper Big Richard vai mostrar que a cultura de rua cresce e aparece em Brasília
ForadeOrbitaRap
– Vozes do Engenho apresenta SerTão Mar no Teatro Vila Velha
– UNB inscreve para curso a distância sobre Orçamento da Criança e do Adolescente

Projeto Domingos Culturais
A programação dos Domingos Culturais está sendo produzida pela Associação Cultural Mulheres e Amigos – AMA em parceria com a Biblioteca VIVA- BPEB.  A instituição promove projetos artísticos entre diferentes pessoas ou grupos associados à AMA e tem caráter cultural, social, educacional e ações relacionadas ao meio ambiente, com intenções itinerantes e com a finalidade de lograr, entrelaçar as artes e os processos socioculturais das mais diversas comunidades em nosso estado e no território nacional. O objetivo da instituição é estimular, incentivar e promover a cultura como um bem comum a todos, criando um espaço para novas propostas artísticas e de entretenimento para o público infanto-juvenil nas áreas de moda e designer (feira de ar7e para o público infanto-juvenil – projeto inédito na Bahia), de dança (dança de rua, break, performances), de teatro (textos sobre o meio ambiente, educação, literatura), artes visuais (oficinas de pintura, instalação com produtos recicláveis, criação artística), música (MPB, Hip-hop, Samba, etc.) oficina literária (o gosto pela leitura e o prazer pela poesia), gastronomia (re-educação alimentar), e afins. Promovendo assim, o trabalho artístico de nossos associados e divulgando-os em eventos promovidos pela associação em parceria com poder público.
Dia: domingo, 01 de novembro de 2009
– 11h: Oficina de Origami – Sérgio Diaz (ator, dançarino do VilaDança e origamista)
– 14h30: Oficina de Pintura – Aline Costa (artista plástica)
– 14h30: Oficina de Poesia – Bruno Di Albuquerque 
– 15h15: Música ao Vivo – Grupo Nova Saga. – Hip-Hop com adolescentes
16:00: Encerramento: – Todas as atividades no Quadrilátero da Biblioteca Pública dos Barris.
Entrada Franca!
Mais informações:
(71) 8829.2610 e 3331.2171. Jaqueline Alves
Produção: Alunos do curso de formação de agentes culturais da AMA – Associação Mulheres e Amigos.
Coordenação: Janete Catarino – Produtora Cultural.


Conferência Setorial de Cultura Afro-brasileira
Atividade prever a construção de políticas públicas transformadoras, incluindo direito e acesso a bens culturais, para a comunidade negra
A III Conferência Estadual de Cultura está próxima de ser realizada, de 26 a 29 de novembro, em Ilhéus, e em meio ao seu processo de construção, diversas conferências municipais e setoriais têm sido realizadas com o intuito de construir políticas públicas para cada território e segmento cultural. Dentre elas, está a Conferência Setorial de Cultura Afro-brasileira – História, Memória, Tradição e Identidade, a ser realizada no dia 06 de novembro, das 8h às 19h, na Biblioteca Pública do Estado da Bahia.
Nesse sentido, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através da Fundação Pedro Calmon, convida a estudantes, militantes, professores, artistas, religiosos(as) e demais interessados a participarem dessa ocasião, que tem o objetivo de, através do esforço coletivo, trazer o exercício do diálogo entre a sociedade civil e o governo do Estado, para que sejam criadas políticas públicas transformadoras, incluindo direito e acesso a bens culturais.
A metodologia a ser empregada na Conferência Setorial atende-se a uma composição por eixos temáticos. Eixos que se articulam transversalmente agregando necessidades comuns sem deixar de considerar as diferenças que os referenciam na sociedade. São considerados eixos temáticos: Religião; Quilombo; Capoeira; Educação; Artes; Carnaval.
Por entender que a cultura é o que nos estrutura como pessoas na sociedade, o diálogo esperado extrapola ao que está posto como eixos temáticos. Estamos todas e todos convocados para o diálogo e a cooperação entre os segmentos”, destacou o diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, Ubiratan Castro de Araújo. Nos debates realizados na conferência, serão elaboradas propostas de políticas públicas específicas para o fomento da cultura afro-brasileira, que serão apresentadas e defendidas na III Conferência Estadual de Cultura, por quatro delegadas(os) escolhidas(os) dentre o conjunto de participantes desta Pré Conferência. 
A Conferência Setorial de Cultura Afro-brasileira compõe uma série de atividades do Governo da Bahia para o mês da Consciência Negra, o Novembro Negro, que tematizam as lutas e conquistas pela plena cidadania dos afro-brasileiros. Estão previstos também, ações literárias, ciclo de conferências e muita dinamização nas bibliotecas públicas. “Busca-se o lugar político sem perder a perspectiva de que somos malungos por antepassados comuns e pela idéia da construção de uma identidade ancestral, agregadora, viva e atualizada. Este é o sentido que nos une e nos agrega como sujeitos autônomos, solidários e coletivos”, destaca a assessora especial para Educação da Secretaria de Cultura, Vanda Machado.
Mais informações:
(71) 3116-6918/6919


HipHop em Ação – Homenagem aos 55 anos de Nelson Triunfo


Projeto promove direitos de jovens em Salvador
A população jovem do bairro Sussuarana, em Salvador, terá novos elementos para seus projetos de vida. É que o UNFPA, em parceria com a Embaixada dos Países Baixos, lança no próximo dia 7 de novembro o projeto “Promovendo os Direitos de Jovens: Cultura e saúde sexual e reprodutiva em Salvador”, dirigido aos jovens de 16 a 24 anos, de ambos os sexos.
De uma forma dinâmica, com dança, teatro, fotografia, vídeo, rádio e grafite,  o projeto vai abordar temas relacionados a direitos da população jovem, sexualidade, saúde sexual e reprodutiva, relações raciais e de gênero, diversidade sexual, mediação de conflitos, participação juvenil, controle social de políticas públicas e prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e aids.

Ao todo, são 13 módulos marcados, em sua maioria, por quatro encontros de três horas cada. São eles: Direitos humanos e direitos dos cidadãos e cidadãs, Direito à informação e a comunicação, Relações de gênero e construção de um ambiente livre de violência de genero contra mulheres, Sexualidade, direitos sexuais e reprodutivos, saúde sexual e reprodutiva, projetos de vida e decisões, Juventude, participação social e ação em rede, Mediação de Conflitos, Relações raciais e enfrentamento ao racismo, Diversidade sexual, Prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e aids, Uso de drogas, Educação de pares, por pares, Intervenções comunitárias, Educomunicação e arte.

Para participar, as pessoas interessadas devem se inscrever pelo site do UNFPA ou nos pontos de inscrição em Salvador, entre os dias 9 e 19 de novembro. Para participar, a/o jovem deve residir no bairro de Sussuarana.

O projeto também conta com a parceria Instituto Mídia Étnica, CMA Hip Hop, CEAFRO/UFBA, Juventudes Negras  pela Paz, Articulação de Jovens Feministas, Associações Comunitárias do Bairro de Sussuarana, Juventudes Negras dos Terreiros.
Secretarias de Promoção da Igualdade (SEPROMI), Educação, Esporte, Cultura e Lazer (SECULT-BA), Justiça e Direitos Humanos (SJCDH) do Estado da Bahia, Instituto de Gestão das Águas e do Clima da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (INGA/SEMA), Assessoria de Relações Internacionais do Gabinete do Governador do Estado da Bahia (SECRI), Superitendência de gestão integrada da ação policial  da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, Assessoria de Relações Internacionais do Gabinete do Prefeito do Município de Salvador, Secretarias de Educação, Esporte, Cultura e Lazer (SECULT), de Saúde (SMS), de Reparação (SEMUR) do Município de Salvador.
O projeto faz parte de uma cooperação estabelecida em 2008 entre a Prefeitura Municipa de Salvador, através da Assessoria de Relações Internacionais (ARI), e o UNFPA. A parceria tem desenvolvido atividades para melhorar as condições da saúde sexual e direitos reprodutivos da população.
Cláudia Vasconcelos: (71) 8251-1000
Lançamento: 07 de novembro de 2009, a partir das 14h.
Local: Escola Estadual Ruth Pacheco – Rua Doutora Régia Barreto, S/N – Nova Sussuarana – Salvador – BA
Inscrições: 9 a 19 de novembro, no site do UNFPA ou nos pontos de inscrição
O projeto: De Janeiro a Agosto de 2010 – De Grátis!


Rap e Atitude – Contra Fome


Do samba para o Hip Hop: O rapper Big Richard vai mostrar que a cultura de rua cresce e aparece em Brasília
No próximo sábado (31-10), às 19h30 no “PARATODOS”, você vai ver como uma comunidade da periferia, atrai multidões e sambistas de todos os cantos do Brasil. É o samba na Laje da Dona Generosa,  zona Sul de São Paulo.
No “Gostinho Bom” nossa equipe  vai provar  a Galinha Caipira da Dona Marinei. Ela é a proprietária do restaurante Coice da Cabra, em Paraisópolis. A segunda maior favela de São Paulo.
Para finalizar, o programa mostra o “TEATRO PARA MAIORES”. O grupo da terceira idade prova que é possível ter qualidade de vida através da arte.  
Se na tua cidade não pega a Tv Brasil e não tem retransmissão via tv pública, confira o programa ao vivo através do link: http://bit.ly/130k0S

Apresentação: Letícia Ottomani e Big Richard
Direção: Márcia Dutra
Sábado, 19h30 na tv Brasil.

Reprise toda quarta feira as 19:00


ForadeOrbitaRap


Vozes do Engenho apresenta SerTão Mar no Teatro Vila Velha
O grupo Vozes do Engenho apresenta “SerTão Mar”, um espetáculo cênico musical, na sala principal Teatro Vila Velha, nos dias 06 e 07 de novembro de 2009, às 20h.  O espetáculo SerTão Mar percorre, através de música, dança e teatro, um dos roteiros históricos que constituíram a formação da identidade do povo brasileiro.
O Vozes do Engenho é um Grupo Vocal Performático, que agrega ao Canto outras linguagens artísticas como dança, teatro e poesia. Nasceu em 2003 na Comunidade do Engenho Velho de Brotas, idealizado pelo Professor de Canto Marcelo Jardim, e desde então vem realizando atividades voltadas à sua profissionalização, através de pesquisas da diversidade cultural brasileira.
                
Ainda em 2004, ao final de um ano de trabalho, nasce o primeiro espetáculo intitulado “África”, direção do profº Marcelo Jardim. Este espetáculo foi apresentado no Festival PopulAção Cultural na maior praça de Salvador, Campo Grande. O grupo estréia com sucesso e boa repercussão dentro e fora da comunidade, dias depois repetiria o êxito no Cine Teatro Solar Boa Vista, situado em seu bairro natal.
Em 2007, o Vozes ganha um reforço da dançarina e coreógrafa Norma Santana, contribuindo na preparação corporal e direção cênica. Neste ano é lançada a idéia de explorar as tendências e preferências individuais, promovendo internamente um intercambio, que resultou no espetáculo “De um tudo”, expressão popular comum na Bahia, o qual foi apresentado no Cine Teatro Solar Boa Vista com enorme sucesso de público. 
Atualmente o grupo se dedica as aulas e ensaios com 25 (vinte e cinco) integrantes, sendo que 10 (dez) são membros fundadores, alguns se dedicam a instrumentos harmônicos e percussivos.
O Regente: Marcelo Jardim
Graduado em canto pela UFBA. É membro-fundador do Coro do Teatro Castro Alves. Participou de oficinas no Centro de Treinamento do Ator do Teatro Castro Alves, foi professor de Canto para vários Grupos de Teatro de Salvador. Trabalhou nos projetos: Boca de Brasa, da fundação Gregório de Mattos, População Cultural e Ponto de Cultura, da FUNCEB, Projeto de Extensão da UFBA.
O Espetáculo: SerTão Mar
O projeto “SerTão Mar” consiste na montagem e apresentação do espetáculo homônimo na cidade de Salvador, Bahia. Ser Tão Mar é um espetáculo musical que agrega ao canto linguagens como teatro, dança e poesia, executado por doze integrantes do grupo.
O espetáculo começa com poesia, músicas em yorubá, e sambas juninos tradicionais do Engenho Velho de Brotas, trazendo da África nossa raiz negra, maior influência na miscigenação e cultura da Bahia, inspiração de poetas, escritores e artistas como Castro Alves, Jorge Amado e muitos outros.
Durante a apresentação surge a figura do sertanejo mestiço muito bem retratado pó Luis Gonzaga, Dominguinhos e outros, em lindas canções e ritmos.
Por fim, volta para o mar, porém agora fica na beira da praia falando da baianidade resultante de toda essa simbiose étnica, por isso nada melhor que Dorival Caymmi para falar, através de suas canções, sobre essa identidade baiana.
   
Serviço:
Assessoria de imprensa – Ivana Dorali
(71) 8714-3900
Produção – Recordatório Artes Educação e Cultura
(71)3497-9199/86348922


UNB inscreve para curso a distância sobre Orçamento da Criança e do Adolescente
A Universidade de Brasília (UnB) – por meio do Centro de Estudos Avançados de Governo e Administração Pública (CEAG) e do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDT) – e a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH/Presidência da República) lançam as inscrições para o curso OCA – Orçamento da Criança e Adolescente na modalidade à distância. A formação tem por objetivo a formação dos Conselheiros em orçamento público com enfoque nas políticas públicas voltadas à infância e adolescência e está inserida em um projeto de formação continuada de atores fundamentais do Sistema de Garantia de Direitos. O conteúdo do curso está dividido em quatro módulos que abrangem desde a concepção dos Direitos Humanos de Crianças e adolescentes, os conceitos sobre o orçamento público, a metodologia do Orçamento Criança e Adolescente (OCA), e a incidência política dos atores no processo de elaboração do orçamento. Será disponibilizado, prioritariamente, para os conselheiros de direitos estaduais das 27 unidades da federação e para os conselheiros de direitos e tutelares dos 80 municípios que integram a Agenda Social Criança e Adolescente, apresentado pelo governo federal em outubro de 2007 para reduzir a violência contra crianças e adolescentes. A inscrição é gratuita e a carga horária é de 30 horas.
Mais informações: www.ceag.unb.br  (61) 3107-2685


Bando de Teatro Oludun com o espetáculo ÁFRICAS, pela 1ª vez em Brasília, de graça.
  
O teatro engajado do BANDO DE TEATRO OLODUM abre as apresentações artísticas do Festival Cara e Cultura Negra 2009, no dia 04 de novembro, na Sala Villa Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro. O Festival, mais uma vez é realizado pela Prefeitura do Setor de Diversões Sul, com produção Griô e S&A Produções. “Áfricas”, espetáculo infanto-juvenil, traz à cena o continente africano, através da sua história, povo, mitos e religiosidade.  A peça aborda o universo mítico africano em uma tentativa de suprir a escassez de referênciais africanos no imaginário infantil, povoado de fábulas e personagens eurocêntricos.
Assim, desfilam no palco personagens que revelam o modo de ser do povo africano, as formas de se relacionar com a natureza e com o sagrado e os traços que unem o Brasil, em especial a Bahia, ao continente negro.
“Queremos proporcionar um encantamento com a África, sua história e cultura e despertar a curiosidade de todos em conhecer mais sobre este imenso continente tão importante para o Brasil”, afirma a diretora Chica Carelli, fundadora do Bando de Teatro Olodum. Chica não está sozinha. “Áfricas” possui um time de profissionais carimbados, como o coreógrafo Zebrinha, o diretor musical Jarbas Bittencourt, que criou músicas especiais para o espetáculo, os iluminadores Rivaldo Rio e Fábio Espírito Santo e Zuarte Júnior, responsável pelo figurino e adereços, com muitas cores e elementos do cotidiano africano. O elenco participa de todo o processo de criação, desde a dramaturgia. Os atores e atrizes participaram de uma oficina de adereços ministrada por Zuarte Júnior e Júlio Maya e uma oficina de Xequerê, instrumento tradicional africano, ministrada por Daniel Souza.       Para assistir ao espetáculo, basta retirar, gratuitamente, os ingressos na bilheteria do Teatro Nacional Claudio Santoro no dia 03 de novembro das 12h às 20h e, no dia 04, das 12h às 17h. Ingressos limitados!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s